quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Afinal não haviam pareceres médicos

A última edição do podcast (hoje) O AMOR É... esclarece...



Este podcast é feito por Júlio Machado Vaz em conversa com Ana Mesquita.

Podcast Ciência Hoje





Podcast Ciência Hoje é um podcast sobre ciência concebido e produzido por doutorandos em áreas científicas. Apresentam notícias científicas e geram um debate sobre os temas.

Outro podcast de qualidade!

última edição (11):


quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Mesa de Centro - Podcast de Tecnologia do Brasil

A imagem "http://www.mesadecentro.com/images/logo.gif" não pode ser mostrada, porque contém erros.
Muito informais e despreocupados : são assim os 3 elementos da Mesa de Centro. Felipe Caldas, desenvolvedor Java, Paulo Leite, engenheiro de telecomunicações e Guilherme Valério, desenvolvedor PHP são os membros deste podcast.

Já vai na sua 37º edição e discutem entre si as novidades de gadgets, tecnologia, aplicações. Como os mesmos descrevem o podcast Mesa de Centro é um «bate papo» sobre tecnologia.

37º edição


Feed do Podcast Mesa de Centro

(a partir deste momento o loucos vai-se dedicar a divulgar os podcasts em português, daí a nova label podcast)

«Um País, um Género» na Cinemateca

A Programação de Dezembro da Cinemateca termina com o ciclo Um País, um Género dedicado a Portugal. Os filmes escolhidos «está o que de melhor se criou em Portugal nos últimos 85 anos, a selecção é por igual representativa»

Programação:
3DEZ 15h30 MULHERES DA BEIRA de Rino Lupo
4DEZ 15h30 MARIA PAPOILA de Leitão de Barros
5DEZ 15h30 ANIKI BÓBÓ de Manoel de Oliveira
6DEZ 15h30 UM TESOURO O SENHOR A INVENÇÃO DO AMOR de António Campos
7DEZ 15h30 MUDAR DE VIDA de Paulo Rocha
10DEZ 15h30 UMA ABELHA NA CHUVA de Fernando Lopes
11DEZ 15h30 ANA de António Reis e Margarida Cordeiro
12DEZ 15h30 GESTOS E FRAGMENTOS de Alberto Seixas Santos
13DEZ 15h30 O BOBO de José Álvaro Morais
14DEZ 15h30 AGOSTO de Jorge Silva Melo
17DEZ 15h30 O SANGUE de Pedro Costa
18DEZ 15h30 NON OU A VÃ GLÓRIA DE MANDAR de Manoel de Oliveira
20DEZ 15h30 O FIO DO HORIZONTE de Fernando Lopes
21DEZ 15h30 O RIO DO OURO de Paulo Rocha
27DEZ 15h30 VIAGEM AO PRINCÍPIO DO MUNDO de Manoel de Oliveira
28DEZ 15h30 VAI E VEM de João César Monteiro

Preço dos bilhetes: 2,5€
Tel. 213596266

Chamadas falsas para o 112

Chamada Falsa 1

Chamada Falsa 2

Chamada Falsa 3

Chamada Falsa 4

Chamada Falsa 5

Chamada Falsa 6


terça-feira, 27 de novembro de 2007

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

ISTO NÃO É UM CONCURSO – Artistas Unidos

A imagem "http://www.artistasunidos.pt/backgrounds/background_index1.gif" não pode ser mostrada, porque contém erros.
Não, não é um concurso, é só uma hipótese. Não, não queremos concorrência, nem competitividade, nem empurrões uns aos outros. Queremos peças de teatro que possamos fazer. De pessoas que conhecemos ou que não conhecemos. Pode ser que não sejam boas, nem extraordinárias, pode ser que sejam más, até - queremos três peças. Que tenham voz própria. Que sejam únicas. Frágeis, fortes, conseguidas, por acabar, por resolver, com interesse para nós. E para estrear em Julho de 2008. Não é para fazer leituras, forma barata de se dizer que se faz qualquer coisa, não: é mesmo para estrear, com cenário, actores, pano de boca até se for preciso. Escolheremos três. O que não quer dizer que seja um concurso. Até pode acontecer que não possamos fazer, por razões de elenco ou de cenografia, aquelas que mais nos interessariam para o nosso repertório. Mas faremos três peças de autores nunca representados. E esperamos que no-las enviem. A partir de agora, por mail ou pelo correio. Até fim de Dezembro de 2007. Não é preciso pseudónimo, nem envelope lacrado, isto não é um concurso. Entraremos em contacto convosco até meados de Fevereiro de 2008. E começaremos a ensaiar três peças em meados de Abril. Para estrear a partir de 5 de Julho. No Instituto Franco-Português. E depois veremos. Se as prolongamos, se as fazemos em digressão, logo se verá.

Serão as que acharmos que podemos fazer bem, as mais perto de nós. Porque isto não é um concurso, é só uma hipótese.

Enviem-nos os vossos textos para

Rua da Bempostinha 19B, 1150-065 Lisboa

E por mail para

abento@artistasunidos.pt

Nós falaremos convosco. Até já.

Programas de apoio financeiro do Cinema e Audiovisual 2008

domingo, 25 de novembro de 2007

dê duas voltas à rotunda se estiver feliz...


De Vincent Fichard e Matthew Jones no Dubai
Outubro 2007

Transformar uma máquina de escrever numa obra de arte

Mapa cultural do mundo

Oiça via Podcast


O programa PodPuppy permite o download automático via feed de todos os podcasts disponíveis.

Este programa alerta-o para quando existem novos conteúdos e faz também o download dos mesmos.

Depois é só transferir para o seu leitor mp3 para ouvir.

Ficam aqui alguns feeds de podcasts:

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Debate Orçamento de Estado 2008


«Debate sobre o Orçamento de Estado. Manuel Alegre pede a palavra. Os jornalistas a postos. A esquerda do PS vai falar. Será finalmente o murro na mesa? Alegre fala:» Arrastão

portátil a corda


Pichas

Picha, o visado só sabia dizer esta palavra e, então, colocaram-lhe esta alcunha (Mora); o tema preferido do alcunhado é falar sobre mulheres e, por isso, os colegas puseram-lhe esta designação (Castelo de Vide).

Picha à Rojo, epípeto aplicado a um indivíduo que tem o pénis muito grande (Beja).

Picha Curta, o visado era muito baixo e dava uns passos muito curtos. Por comparação, os homens começaram a tratá-lo por esta designação (Évora).

Picha d'Aço, denominação outorgada a um sujeito que anda metido com muitas mulheres (Aljustrel e Ourique); sujeito que gosta muito de se gabar das suas capacidades sexuais (Cuba); o receptor adquiriu esta alcunha através da sua mulher que, segundo dizia, o seu marido tinha muita "potência" (Grândola).

Picha d'Açucar, nome atribuído a um homem que tem o pénis muito grande (Moura).

Picha d'Ouro, homem que anda envolvido com muitas mulheres (Santiago do Cacém e Elvas); quando o alcunhado era criança, a mãe dizia-lhe sempre: "Anda cá meu pichinha d'ouro!"

Picha d'Urso, o receptor, em criança, andava sempre com a braguilha aberta. Um dia, uma rapariga disse-lhe: "Ah! que picha tão grande, parece mesmo a de um urso!" (Moura)

Picha de Chocolate, sujeito que tem o pénis muito negro.

Picha de Lata, alcunha atribuída a um indivíduoo que urina para dentro de uma lata (Redondo).

Picha de Metro, o visado tem o pénis muito grande (Odemira).

Picha Fria, a alcunha reside no facto de o receptor ter um fraco desempenho sexual (Serpa).

Picha Jóia, o receptor tem esta alcunha porque, quando era criança, o pai chamava-lhe "pichinha jóia" (Beja).

Picha Mole, indivíduo que tem problemas sexuais (Mora).

Picha Negra, o pai do alcunhado, quando este era criança, tinha uma taberna. O visado ia para lá brincar no chão e sujava-se muito. Então o pai dizia-lhe muitas vezes: "Sai daí meu pichinha negra!". A partir daí, os clientes e vizinhos começaram a tratá-lo por esta designação (Estremoz).

Picha Preta, homem que tem o pénis muito escuro.

Picha Torcida, quando o receptor era criança, um amigo apertou-lhe o pénis. Assim, acabou por ficar com esta alcunha (Ourique).

Pichau, quando o receptor era criança, costumava ir à casa de uma vizinha e, quando tinha fome, pedia-lhe sempre que lhe desse pão com peixe. Não conseguia dizer peixe e, então, dizia "pichau" (Grândola).

Pichelito, toda a família herdou a alcunha devido a um antepassado (o Pichéu) ser canhoto (Serpa).

Pichinha de Açucar, o visado adquiriu esta alcunha porque tem dois filhos de duas mulheres (Grândola); sujeito que anda com várias mulheres.

Pichudo, o nomeado, em criança, estava sempre com a mão em cima do pénis (Cuba).

Retirado do livro "Tratado das Alcunhas Alentejanas"
de Francisco Ramos e Carlos Silva
Edições Colibri

Campanha contra Chamadas Falsas para o 112

Em 2006 registaram-se cerca de 24.281 chamadas falsas no INEM, que originaram a saída de 8.984 ambulâncias. Tais números significam que, a nível nacional, o INEM recebe uma média de 66 chamadas falsas por dia, que por sua vez activam 25 ambulâncias escusadamente.

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

«La chute» de Denis Darzacq

Aparência da Web 2.0


Mais: O que é a WEB 2.0?

Concurso pela diversidade e igualdade da União Europeia

A União Europeia lançou hoje mais uma iniciativa para aumentar a consciência da igualdade e da luta contra a discriminação com um spot de 30 segundos na MTV, o maior canal jovem do mundo. O anúncio desafia a audiência a participar numa competição artística que inclui fotografia, vídeos e colagens sobre o tema diversidade e igualdade.

A competição faz parte de uma série de actividades desenvolvidas ao longo do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades 2007 e da campanha informativa de 5 anos "Pela Diversidade. Contra a Discriminação". O período para entrega dos trabalhos decorre até 8 de Dezembro e o anúncio do vencedor terá lugar a 17 de Dezembro de 2007.
Participe aqui

Josh Rouse na Aula Magna


Dia 26 Novembro às 21h
Entrada: 23€ e 28€

Sean Riley & The Slowriders | Moving On


quarta-feira, 21 de novembro de 2007

"A outra margem" e "20,13" no Festival IMAGE+NATION

A outra margem

20,13

"A outra margem" e "20,13" estão em competição no Festival LGBT IMAGE+NATION de Montreal.

“EU SOU OS OUTROS – I AM THE OTHERS”

de Rui Chafes na Galeria Graça Brandão Lisboa
Passados dez anos sobre a última exposição individual realizada numa galeria em Lisboa (Galeria Alda Cortez 1997), Rui Chafes inaugura na Galeria Graça Brandão de Lisboa, no próximo dia 23, pelas 22H00, a exposição "EU SOU OS OUTROS"

Fim da Internet em 2010?


A Internet pode estar prestes a esgotar a sua capacidade. Mais dois anos e a velocidade a que estamos habituados na web ser apenas uma boa lembrança.

O estudo caiu como uma bomba no meio e mostra que a abundância de novos vídeos e outros tipos de conteúdos na web pode causar esta sobrecarga até 2010.

A não ser que a infraestrutura que suporta os ISP, e que é no fundo a espinha dorsal da Internet seja reforçada, que é o mesmo que falar em vários mil milhões de euros de investimento, o dobro do que era suposto.

E o caso é particularmente mais grave nos Estados Unidos. O vídeo é um dos culpados deste aumento exponencial de conteúdos na Internet e a responsabilidade de manter a rede em crescimento está nas mãos dos backoboners providers, que são no fundo a espinha dorsal da rede, com ligações entre todos os pontos de acessos dos fornecedores de Internet e que, de forma global, formam a grande web. - by PD
O maior Internet Service Provider dos EUA lança este estudo para pressionar os "lawmakers" dos EUA a haver um imposto que os financie. Até os media portugueses não escapam e absorvem e divulgam este estudo.

Ora recomenda-se estes artigos da Broadband Reports que explica o motivo da "Internet acabar em 2010":

The Internet Ends in 2010 — Unless You Give AT&T What They Want

The Bandwidth Crunch Bogeyman

O mercado da Internet é muito concorrencial e isso destrói o valor do produto, logo os gestores procuram criar valor. À falta de outro meio de criação de valor voltam-se para o congresso dos Estados Unidos, no sentido de criarem um imposto que financie o seu negócio. Outra da estratégia passa por criar a ideia que a Internet é um meio que pode ser escasso e assim aumentam também o seu valor.

O que nos vale é a criação de organizações como a Save The Internet que faça um lobby e que está a conseguir ter resistência.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Reflexão sobre o crescimento compulsivo das cidades

(+)

A morte do sr. Lazarescu



O primeiro filme de seis histórias dos subúrbios de Bucareste, capital da Roménia.

SIDA - Formas de contágio


Cinco fluidos corporais transmitem o vírus Vírus da Imunodeficiência Humana:
  • Sangue
  • Esperma
  • Secreções pré-seminal masculinas
  • Secreções vaginais
  • Leite materno

Prémio Rothschild

De 350 candidatos a concurso, os vencedores dos prémios foram:

Tiago Margaça (bolsa de estudo na Slade School of Fine Arts, em Londres, durante três meses)

Susana Mendes Silva, "Phantasia" (7.000 euros)

José Baptista Marques, sem título (4.500 euros)

David Rosa, "Urban talk in a fundamental relation" (3.500 euros)

Boneca no Teatro Nacional D. Maria II


Depois de Casa de Bonecas de Ibsen ter estado em cena na Casa Teatro de Sintra, está agora em cena Boneca no Teatro Nacional D. Maria II.

Em Sintra foi com encenação de João de Mello Alvim, agora no Teatro D. Maria II com encenação de Nuno Cardoso.
Nora Helmer pediu emprestada, em segredo, uma larga soma de dinheiro para que o marido pudesse recuperar de uma doença grave. Nunca lhe falou do empréstimo que secretamente foi pagando com o que poupara. Quando é nomeado director do Banco Comercial, a primeira medida do seu marido, Torvald, é despedir um homem cuja reputação tinha sido desgraçada por forjar a assinatura de um documento. Este homem, Nils Krogstad, é a pessoa a quem Nora pediu o dinheiro emprestado. Nora também forjou a assinatura do seu pai para conseguir obter o dinheiro. Para defender o emprego, Krogstad ameaça revelar o crime de Nora e assim, destruir a vida do casal. Nora tenta influenciar o marido, mas para ele Nora é uma criança que não compreende decisões de negócios. Desesperada, Nora prepara-se para a descoberta da verdade.

Temporada Gulbenkian de Música












(+)

Evgeny Kissin
(já esgotado)

sábado, 17 de novembro de 2007

Cinema Quarteto encerrado

Cinema Quarteto em Entrecampos foi encerrado por falta de condições de segurança.

«Falta um sistema automático de detecção de incêndios, há reposteiros de material altamente inflamável a tapar caminhos de evacuação e revestimentos de paredes e tectos em material também muito inflamável» disse Paula Andrade, inspectora-geral das Actividades Culturais.

Este cinema completava 31 anos no dia 21.

Exposição de Arte Contemporânea Georgiana

Na Galeria Spirits and Arts realiza-se entre o dia 16 de Novembro e o dia 29 de Dezembro de 2007 uma Exposição de Arte Contemporânea Georgiana.

Os artistas são David Bakuradze e Andro Giorgadze.

Localização: Calçada de Santo André N. 54 Lisboa (Mouraria)

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

António Casimiro - 50 anos de cenografia

António Casimiro comemora 50 anos de carreira na cenografia. O Museu Nacional do Teatro homenageia o seu trabalho com uma exposição.

Data : até Março de 2008
Localização: Estrada do Lumiar, 10
O Museu dispõe de uma cafetaria.

european film festival no King

De dia 15 a dia 21 de Novembro
Local: King

European Film Festival Estoril faz uma retrospectiva de David Lynch

Os bilhetes custam 3,50€

A programação está disponível aqui.

domingo, 11 de novembro de 2007

O Portuga de A-Z


«Esta enciclopédia resulta de um estudo desenvolvido na Universidade do Porto pelos prestigiados investigadores: Cláudio Ferreira, Grifu, Helena Fonseca e Nuno Martins.

O objecto do estudo foi a espécie "Portuga". Uma espécie complexa que se manifesta através de diferentes códigos, por nós exaustivamente estudados. Os resultados desta longa investigação podem ser consultados nesta enciclopédia

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

«Os Pixies estão mortos» Frank Black


Não teria necessariamente de ser uma duplicação. Podiam apenas juntar-se os quatro e ver o que conseguiam criar em conjunto.
Sim, mas não tente convencer-me a mim. Convença a Kim Deal [risos]. Ela não quer fazer um disco e não há mal nenhum nisso. Tudo bem, sigo em frente. Os Pixies estão mortos.

Mesmo no que diz respeito a concertos?
Sim. Acabo de recusar uma proposta para fazermos alguns concertos na América do Sul.

sábado, 3 de novembro de 2007

Sicko


Biocombustível faz indústria alimentar subir preços

Biocombustível = ecoterrorismo promovido pelo Estado
«O preço de alimentos básicos, como o pão, o leite, os ovos ou as massas, não pára de aumentar. A indústria alimentar estima uma subida média dos preços à saída das fábricas entre os 5% e os 10%, embora em alguns casos os consumidores possam estar a verificar acréscimos superiores.

Pedro Queiroz (FIPA) destaca que a "pressão" sobre os cereais deve-se à utilização destes produtos no biocombustível. "Cada vez mais os stocks alimentares são utilizados nas energias alternativas em vez de serem canalizados para a alimentação.» DN

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Fotógrafo amador detido pela PSP

A PSP deteve um fotógrafo amador numa feira de diversões por tirar fotos "dos divertimentos" apenas por uma queixa de um segurança e não dos pais das crianças que estavam nos divertimentos.

Na detenção:
O fotógrafo amador descreve ao Sol: «Fizeram-me fotografias de frente e de perfil, tiraram-me impressões digitais e mandaram-me embora quatro horas depois sem a máquina»

Não devolução:
A PSP agora recusa-se a devolver a máquina fotográfica, a menos que o fotografo amador constituído arguído prove que a máquina é sua.

O blog do fotógrafo