quinta-feira, 28 de setembro de 2006

sábado, 23 de setembro de 2006

Odete em exibição no Festival de Cinema Gay de Lisboa

http://photos1.blogger.com/hello/170/1527/1024/odete.jpg

Odete estará em exibição amanhã, domingo, dia 24 de Setembro no Cinema Quarteto, Sala 1.
Os horários são: 14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00. O custo é de apenas 3 euros.

Odete também estará em exibição no Lusomundo Gallery da TVCABO, no dia 8 de Outubro às 22H35.

Homofobia em Lisboa

http://photos1.blogger.com/blogger/7503/378/1600/homofobia.jpg
(via H2omens)
"Estava eu e um amigo a sair dos armazéns do Chiado, ali mesmo na Rua Garrett, quando um Skin (vindo de um grupo maior que estava no interior do centro e que não nos apercebemos que nos tinham seguido), nos aborda. Faz chocar a cabeça do meu amigo contra a minha e, perante a minha estupefacção, dá-me um soco na cara, atira-me um objecto que não identifiquei contra a cabeça e dá-me uma patada. Isto enquanto outros dois agridem o meu amigo. Chamando-nos paneleiros, claro. Em pleno fim de tarde de Domingo (essas 19:40), com o vigilante dos armazéns a ver e toda a gente da rua impávida e serena!

Depois os agressores retiraram-se para o interior dos armazéns. O vigilante disse que a responsabilidade do que acontecia fora do centro não era responsabilidade deles e encaminhou-nos para a esquadra do Rossio. Quando chegámos com a polícia, claro que já nenhum agressor se encontrava presente. Sabemos que eles estão todos filmados pelas câmaras de vigilância, mas para se ter acesso às gravações tivemos de apresentar queixa-crime." Musicólogo

LESBOA, vem aí...

http://photos1.blogger.com/blogger/3681/3374/1600/Lesboa%20Party_atalaia.jpg

King Card... um cartão em decadência

Lisboa, 21 de Setembro de 2006

COMUNICADO

Em Janeiro de 2005, os Cinemas Millenium SA associados à Medeia Filmes SA , fizeram o lançamento do cartão King Kard, que, como é do vosso conhecimento é utilizável em condições idênticas nas salas de cinema exploradas por ambas as empresas.

Este cartão tem tido enorme sucesso, especialmente nas salas afectas aos Cinemas Millenium situadas no “Alvaláxia”.

Por decisão unilateral da Medeia Filmes SA, que nós repudiamos veementemente, fomos surpreendidos com o facto de não mais aceitarem, a partir do próximo dia 1 de Outubro o cartão King Kard nas suas salas.

Na expectativa da vossa compreensão, reiteramos o nosso esforço em continuar a oferecer aos nossos clientes uma programação diversificada e tão completa quanto possível nas nossas 16 salas.

A Administração

--------------------------------------------------------------

Está consumado o fim da relação entre a Medeia Filmes e o cartão King Kard. Vem aí um novo cartão que permite ver filmes a preços mais acessíveis: o MEDEIA CARD.

A Medeia Filmes anunciou o lançamento do Medeia Card, um novo cartão que permite ver filmes a um preço mais acessível. O novo cartão, válido a partir de 1 de Outubro nos cinemas Monumental-Saldanha, King, Nimas e Fonte Nova em Lisboa, Cidade do Porto e Campo Alegre no Porto, mantém as características do popular King Kard, cuja validade termina nos referidos cinemas a 30 de Setembro: permite ao subscritor ir todos os dias ao cinema, num máximo de dois filmes por dia, em sessões diferenciadas de pelo menos 2 horas, mediante o pagamento de uma mensalidade de 13 euros (ou 150 euros anuais)

A empresa promete ainda um atendimento privilegiado aos interessados numa bilheteira própria Medeia Card, nos cinemas Monumental Saldanha, e outras promoções, nomeadamente o sorteio de convites para antestreias e descontos no Café Medeia do cinema Monumental. Outras vantagens estão prometidas para o futuro.

Em Fevereiro de 2005, a Medeia Filmes associou-se à exibidora Cinemas Millenium para criar o King Kard, que se tornou um caso sério de popularidade junto de um público desejoso de ver mais filmes a preços convidativos. De acordo com o comunicado de imprensa da Medeia Filmes, desde o início de 2006 que se acentuaram as divergências entre esta e os Cinemas Millenium, que gere os cinemas Alvaláxia, as quais "tornaram impossível a continuação da nossa associação e portanto do King Kard".

A situação hoje tornada pública já era do conhecimento dos utilizadores do King Kard, que tinham sido alertados nos últimos dias por avisos nas salas da Medeia Filmes para o fim da validade do cartão nas suas salas. Vários utilizadores já fizeram sentir a sua insatisfação, nomeadamente por terem renovado o King Kard por mais um ano e agora verem o seu âmbito substancialmente reduzido. Para já, o King Kard continuará a ser válido nas salas Millenium Alvaláxia.

19-09-2006
http://photos1.blogger.com/hello/170/1527/1024/kard-card.jpg

O King Kard é assim multiplicado por dois. Quem tem o King Kard pode aceder de forma ilimitada ao cinema Alvaláxia, e por sua vez quem tem o Medeia Card pode aceder de forma ilimitada ao cinema Monumental e ao cinema King.
Quem antes pagava 13 euros para ir a estes três cinemas (quatro, não esquecendo o Nimas), agora terá de pagar 13 euros+13 euros, ou seja, 26 euros.

Qual a resolução? Para muitos será a Cinemateca, ou seja, fazer vigorar a clausula do contrato "6.7 O titular do KING KARD pode resolver o contrato desde que para tal invoque e demonstre a alteração anormal, imprevisível e definitiva das circunstâncias em que fundou a decisão de aderir."

Para que isso aconteça "6.3 A emitente, o titular do KING KARD ou o responsável pelo pagamento pode denunciar o contrato para o termo do prazo de validade, com a antecedência mínima de um mês, através de carta registada."

Telefone: 707 200 563
Morada: Rua da Palmeira nº6, 1200-313 Lisboa
E-mail: kingkard@kingkard.net

Foi pedido o número de fax por e-mail, no entanto, o e-mail encontra-se congestionado. Aguarda-se, portanto, o bom envio do mesmo.

Recorde-se, um cartão que existia desde 01 de Fevereiro de 2005
É hoje lançado o "King Kard", o primeiro passe de cinema a surgir no mercado português. O conceito, importado de França pelo produtor, distribuidor e exibidor Paulo Branco, destina-se ao público mais assíduo da 7.ª Arte, e permite ver tantos filmes quantos se quiser num máximo de duas sessões por dia.

Treze euros por mês, ou 150 por ano - de uma ou outra forma, o compromisso é necessariamente anual, sendo as prestações debitadas por transferência em conta bancária - garantem o acesso a qualquer uma das 65 salas de Paulo Branco, também a partir de hoje rebaptizadas "Cinemas King". A saber Alvaláxia, Monumental-Saldanha, King, Fonte Nova, Nimas e Ávila, em Lisboa; Cidade do Porto e Nun'Álvares, no Porto; Avenida, em Coimbra; Feira Nova, em Santarém; e Freeport, em Alcochete. O "King Kard" é a grande aposta de Paulo Branco na exibição em 2005, e, embora sem querer adiantar previsões concretas, fonte ligada à iniciativa disse ao JN estar "optimista em relação à adesão, que deverá crescer de forma progressiva". A inscrição para o passe pode ser feita nas salas, ou através do site www.kingkard.net, sendo para tal apenas necessários uma fotografia, o NIB, e cinco euros para os custos de emissão do cartão, que é imediata caso seja feita nas salas. - JN

Se te der um VOIP liga!

http://photos1.blogger.com/blogger/6686/1798/1600/netcabo2.png

Se te der um voip liga para estas três meninas...

domingo, 17 de setembro de 2006

Programação do 10º Festival de cinema gay e lésbico de Lisboa

Segunda-feira, 18 de Setembro
Cinema São Jorge
18h30
“Diferente” (Espanha, 1962, 102’), de Luis María Delgado

Cinema Quarteto, Sala 2
17h00
“Love Sick – Legaturi Bolnavicioase” (Roménia, 2006, 90’), de Tudor Giurgiu ♣
19h00
“18.15 Uhr Ab Ostkreuz“ (Alemanha, 2006, 110’), de Jörn Hartmann ♣
22h00
“Ronda Nocturna” (Argentina, 2005, 81’), de Edgardo Cozarinsky ♣

Cinema Quarteto, Sala 4
15h30
“Whispering Moon” (Áustria, 2005, 97’), de Michael Satzinger
17h30
The Other Half (64’) – Sessão Combinada
“Sway” (Austrália, 2004, 4’), de Jakeb Anhvu
“The Other Half” (Suiça, 2005, 60’), de Francesca Molo ♥
19h30
K. – Programa de Curtas (80’)
“K.” (Espanha, 2005, 12’), de Juan Simons ♦
“Vacarme” (França, 2004, 20’), de Arnauld Visinet
“Inside Rome” (Itália, 2006, 26’), de Francesco Costabile ♦
“The Bridge” (Austrália, 2006, 8’), de George Barbakadze ♦
“Purge“ (EUA, 2005, 14’), de Etienne Kallos ♦
21h30
“Hard Pill“ (EUA, 2005, 95’), de John Baumgartner ♣
23h30
“Cruel and Unusual” (EUA, 2006, 66’), de Janet Baus, Dan Hunt, Reid Williams

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Breakfast on Pluto” (Irlanda, Reino Unido, 2005, 129’), de Neil Jordan

Terça-feira, 19 de Setembro
Cinema São Jorge
18h30
“Los Placeres Ocultos” (Espanha, 1977, 98’), de Eloy de la Iglesia
Auditório do Instituto Franco-Português
17h30
Debate: Homofobia – O que é e o que não é
19h00
“Au-Delà de la Haine” (França, 2005, 86’), de Olivier Meyrou ♥

Cinema Quarteto, Sala 2
16h00
Debate: Vida Positiva
17h00
“Un Año sin Amor” (Argentina, 2005, 95’), de Anahí Berneri ♣
19h00
“Hate Crimes” (EUA, 2004, 106’), de Tommy Stovall
22h00
“Go West” (Bósnia Herzegovina, 2005, 97’), de Ahmed Imamović ♣

Cinema Quarteto, Sala 4
15h30
Maricones (70’) – Sessão Combinada
“Vida Travesti” (Bolívia, 2006, 18’), de Diego Torres ♦
“Maricones” (Canadá, Peru, 2005, 52’), de Marcos Arriaga ♥
17h30
Say Yes – Programa de Curtas (74’)
“Marco Solo” (Austrália, 2004, 9’), de Adrian Bosich
“Say Yes – Sag Ja” (Alemanha, 2005, 15’), de Myriam Papantoniou ♦
“Colin: interiors” (Holanda, 2005, 6’), de Peter Lindhout ♦
“Hustler WP” (EUA, 2006, 19’), de Craig Cobb ♦
“Overdue Conversation” (EUA, 2004, 9’), de Charles Lum
“Mormor’s Visit” (EUA, 2005, 16’), de Casper Andreas ♦
19h30
Transparent (91’) – Sessão Combinada
“Queer Spawn” (EUA, Espanha, 2005, 30’), de Anna Boluda ♦
“Transparent” (EUA, 2005, 61’), de Jules Rosskam
21h30
Vive la Queer France! – Programa de Curtas (72’)
“Rain” (França, 2004, 2’), de Jean-Gabriel Périot
“Devil Inside” (França, 2004, 3’), de Tom de Pekin & Jean-Gabriel Périot
“Gender Trouble” (França, 2005, 4’), de Tom de Pekin ♦
“Le Fabuleux Destin d’Amélie Putain” (França, 2005, 11’), de Panik Qulture ♦
“Catch Me” (França, 2005, 3’), de Tom de Pekin ♦
“Stick it to Hetero Culture” (França, 2004, 6’), de Panik Qulture
“El Assessino de la televisión” (França, 2004, 5’), de Tom de Pekin & Philippe Donadini
“How to Ass Ejaculate” (França, 2005, 8’), de Panik Qulture ♦
“Do You Know That Bad Girls Go To Hell? ” (França, 2004, 5’), de Tom de Pekin
“Pop Porn Party” (França, 2005, 4’), de Panik Qulture ♦
“Pine-Pong” (França, 2003, 3’), de Tom de Pekin & The Brain
“ZAP les superheteros” (França, 2004, 3’), de Panik Qulture
“Exutoire” (França, 2002, 9’), de Rémy Yadan
“Nécropole de l’Amour” (França, 2002, 6’), de Rémy Yadan
23h30
“Hard Pill” (EUA, 2005, 95’), de John Baumgartner ♣

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Breakfast on Pluto” (Irlanda, Reino Unido, 2005, 129’), de Neil Jordan

Quarta-feira, 20 de Setembro
Cinema São Jorge
18h30
“Cambio de Sexo” (Espanha, 1977, 106’), de Vicente Aranda

Cinema Quarteto, Sala 2
17h00
“Tintenfischalarm – Octopusalarm” (Áustria, 2006, 107’), de Elisabeth Scharang
19h00
“Ronda Nocturna” (Argentina, 2005, 81’), de Edgardo Cozarinsky ♣
22h00
“Loggerheads” (EUA, 2005, 101’), de Tim Kirkman ♣

Cinema Quarteto, Sala 4
15h30
Can You Take it? – Programa de Curtas (71’)
“Odile” (França, 2006, 10’), de Bénédicte Delgéhier ♦
“Can You Take It?” (Reino Unido, 2005, 20’), de Justine Morris ♦
“The Piper” (Reino Unido, 2005, 10’), de Abbe Robinson ♦
“Ester” (Espanha, 2005, 15’), de Maria Pavón & Rut Suso ♦
“Jane’s Birthday Trip” (EUA, 2005, 16’), de Etienne Kallos ♦
17h30
“Between the Lines – India’s Third Gender” (Alemanha, 2005, 95’), de Thomas Wartmann ♥
19h30
“Seres Extavagantes” (Espanha, 2004, 54’), de Manuel Zayas
21h30
Hotel Gondolin (78’) – Sessão Combinada
“Laura, Laura” (Brasil, 2005, 26’), de José Cláudio Dias Guimarães ♦
“Hotel Gondolin” (Argentina, 2005, 52’), de Fernando Lopez Escriva ♥
23h30
Vive la Queer France! – Programa de Curtas (72’)
“Rain” (França, 2004, 2’), de Jean-Gabriel Périot
“Devil Inside” (França, 2004, 3’), de Tom de Pekin & Jean-Gabriel Périot
“Gender Trouble” (França, 2005, 4’), de Tom de Pekin ♦
“Le Fabuleux Destin d’Amélie Putain” (França, 2005, 11’), de Panik Qulture ♦
“Catch Me” (França, 2005, 3’), de Tom de Pekin ♦
“Stick it to Hetero Culture” (França, 2004, 6’), de Panik Qulture
“El Assessino de la televisión” (França, 2004, 5’), de Tom de Pekin & Philippe Donadini
“How to Ass Ejaculate” (França, 2005, 8’), de Panik Qulture ♦
“Do You Know That Bad Girls Go To Hell? ” (França, 2004, 5’), de Tom de Pekin
“Pop Porn Party” (França, 2005, 4’), de Panik Qulture ♦
“Pine-Pong” (França, 2003, 3’), de Tom de Pekin & The Brain
“ZAP les superheteros” (França, 2004, 3’), de Panik Qulture
“Exutoire” (França, 2002, 9’), de Rémy Yadan
“Nécropole de l’Amour” (França, 2002, 6’), de Rémy Yadan

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Brokeback Mountain” (EUA, 2005, 134’), de Ang Lee

Quinta-feira, 21 de Setembro
Cinema São Jorge
18h30
“A Un Dios Desconocido” (Espanha, 1977, 105’), de Jaime Chávarri

Cinema Quarteto, Sala 2
17h00
“Unveiled” (Alemanha, Áustria, 2005, 97’), de Angelina Maccarone ♣
19h00
“Au-Delà de la Haine” (França, 2005, 86’), de Olivier Meyrou ♥
22h00
“The Journey” (Índia, 2004, 107’), de Ligy J. Pullappally

Cinema Quarteto, Sala 4
14h00
“Happy Hookers” (India, 2006, 53’), de Ashish Sawhny
15h30
“Doutor Estranho Amor” (Portugal, 2005, 83’), de Leonor Areal
17h30
“Timimoun” (Argélia, Alemanha, 2005, 102’), de Michael Roes
19h30
“Filthy Gorgeous: The Trannyshack Story” (EUA, 2005, 84’), de Sean Mullens ♥
21h30
Gay Sex in the 70’s (94’) – Sessão Combinada
“Reporter Zero” (EUA, 2005, 24’), de Carrie Lozano ♦
“Gay Sex in the 70’s” (EUA, 2005, 70’), de Joseph Lovett ♥
23h30
“Gypo” (Reino Unido, 2005, 98’), de Jan Dunn ♣

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Brokeback Mountain” (EUA, 2005, 134’), de Ang Lee

Sexta-feira, 22 de Setembro
Cinema São Jorge
18h30
“La Muerte de Mikel” (Espanha, 1984, 90’), de Imanol Uribe

Cinema Quarteto, Sala 2
17h00
“Tintenfischalarm – Octopusalarm” (Áustria, 2006, 107’), de Elisabeth Scharang
19h00
“Go West” (Bósnia Herzegovina, 2005, 97’), de Ahmed Imamović ♣
22h00
“Katzenball“ (Suiça, 2004, 87’), de Veronika Minder

Cinema Quarteto, Sala 4
14h00
“Reflections” (França, 2006, 52’), de Eleonore Gachet & Lise Leboeuf
15h30
Gay Sex in the 70’s (94’) – Sessão Combinada
“Reporter Zero” (EUA, 2005, 24’), de Carrie Lozano ♦
“Gay Sex in the 70’s” (EUA, 2005, 70’), de Joseph Lovett ♥

17h30
Playing a Part (79’) – Sessão Combinada
“Pierre et Gilles. La Perversion” (Espanha, 2005, 3’), de Juan J. Moreno ♦
“Playing a Part – The Story of Claude Cahun” (Reino Unido, 2004, 45’), de Lizzie Thynne
“The Only Letter I’ve Ever Written” (Reino Unido, Taiwan, 2005, 10’), de Tung-Yen Chou ♦
“Panacea” (EUA, 2006, 13’), de Diego Costa ♦
“Very Small Living Things” (Portugal, 2006, 8’), de Jonathan Franco ♦
19h30
Politics of the Heart (91’) – Sessão Combinada
“Politics of the Heart” (Canadá, 2005, 67’), de Nancy Nicol ♥
“Din Don Down” (Itália, 2006, 24’), de Giulia Brazzale & Luca Immesi ♦
21h30
Good Boys (101’) – Sessão Combinada
“Comme un Boomerang” (França, 2005, 26’), de Nicolas Breviere ♦
“Good Boys - Yeladim Tovim” (Israel, 2004, 75’), de Yair Hochner
23h30
Pirate Tape (102’) – Sessão Combinada
“IM L 2003 Part One: Pissies not Sissies” (EUA, 2006, 12’), de Charles Lum ♦
“Pirate Tape 1” (EUA, 2005, 90’), de Massimo & Pierce

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Transamerica” (EUA, 2004, 103’), de Duncan Tucker

Sábado, 23 de Setembro

Cinema São Jorge
17h00
“Los Placeres Ocultos” (Espanha, 1977, 98’), de Eloy de la Iglesia
21h00
Cerimónia de Encerramento – Entrega dos Prémios da Secção Competitiva
Closing Night – Competition Section Awards
21h30
“Electroshock” (Espanha, 2006, 98’), de Juan Carlos Claver ♣
23h30

Festa de Encerramento

Cinema Quarteto, Sala 2
17h00
“Katzenball” (Suiça, 2004, 87’), de Veronika Minder
19h00
“Loggerheads” (EUA, 2005, 101’), de Tim Kirkman ♣
22h00
“Au-Delà de la Haine“ (França, 2005, 86’), de Olivier Meyrou ♥

Cinema Quarteto, Sala 4
14h00
K. – Programa de Curtas (80’)
“K.” (Espanha, 2005, 12’), de Juan Simona ♦
“Vacarme” (França, 2004, 20’), de Arnauld Visinet
“Inside Rome” (Itália, 2006, 26’), de Francesco Costabile ♦
“The Bridge” (Austrália, 2006, 8’), de George Barbakadze ♦
“Purge“ (EUA, 2005, 14’), de Etienne Kallos ♦
15h30
“The End of Second Class” (Canadá, 2006, 89’), de Nancy Nicol
17h30
“The Lady is a Champ” (Israel, 2004, 60’), de Amit Azaz
19h30
“Bola de Nieve – El Hombre Triste que Cantaba Alegre” (Espanha, 2003, 73’), de José Sánchez-Montes
21h30
Good Boys (101’) – Sessão Combinada
“Comme un Boomerang” (França, 2005, 26’), de Nicolas Breviere ♦
“Good Boys - Yeladim Tovim” (Israel, 2004, 75’), de Yair Hochner

Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00
“Odete” (Portugal, 2005, 101’), de João Pedro Rodrigues
19h30 / 22h00
“Transamerica” (EUA, 2004, 103’), de Duncan Tucker

Domingo, 24 de Setembro
Cinema Quarteto, Sala 4
14h00
Say Yes – Programa de Curtas (74’)
“Marco Solo” (Austrália, 2004, 9’), de Adrian Bosich
“Say Yes – Sag Ja” (Alemanha, 2005, 15’), de Myriam Papantoniou ♦
“Colin: interiors” (Holanda, 2005, 6’), de Peter Lindhout ♦
“Hustler WP” (EUA, 2006, 19’), de Craig Cobb ♦
“Overdue Conversation” (EUA, 2004, 9’), de Charles Lum
“Mormor’s Visit” (EUA, 2005, 16’), de Casper Andreas ♦
15h30
No Exit – Programa de Curtas (63’)
“No Exit” (EUA, 2005, 14’), de Etienne Kallos ♦
“Summervalley North” (Irlanda, 2005, 11’), de Leticia Agudo & Fernando Sánchez ♦
“Stay” (EUA, 2005, 8’), de Chia-Yi Lin ♦
“My Kind of Woman” (Itália, 2005, 13’), de Emanuele Scaringi ♦
“Guy 101” (Reino Unido, 2005, 9’), de Ian W. Gouldstone ♦
“Hitchcocked” (EUA, 2005, 8’), de David M. Young ♦
16h30
Debate: Homofobia e Transfobia em Portugal
19h30
Reposição dos filmes premiados como o Melhor Documentário e a Melhor Curta-Metragem
21h30
Reposição do filme premiado como a Melhor Longa-Metragem
Cinema Quarteto, Sala 1
14h30 / 17h00 / 19h30 / 22h00
“Odete” (Portugal, 2005, 101’), de João Pedro Rodrigues

LEGENDA:
♣ Filme em competição para Melhor Longa-Metragem
♥ Filme em competição para Melhor Documentário
♦ Filme em competição para Melhor Curta-Metragem

Goethe-Institut – 25 a 29 de Setembro
Ciclo de Cinema Digital

Segunda-feira, 25 de Setembro, 19h00
“Based on a True Story” (Holanda, 2004, 75’), de Walter Stokman
Terça-feira, 26 de Setembro, 19h00
“Nachbarinnen – Wanted“ (Alemanha, 2004, 88’), de Franziska Meletzky
Quarta-feira, 27 de Setembro, 19h00
“Intimitaeten” (Alemanha, 2003, 71’), de Lukas Schmid
Quinta-feira, 28 de Setembro, 19h00
“Graffiti Artist” (EUA, 2004, 80’), de Jimmy Bolton
Sexta-feira, 29 de Setembro, 19h00
“Horst Buchholz...Mein Papa - Horst Buchholz...My Papa” (Germany, 2005, 90’), de Christopher Buchholz e Sandra Hacker

Luzboa bienal 2006 SETEMBRO


Luzboa tem por objectivo (...) a criação de sinergias entre a população, agentes culturais, a administração pública e o sector empresarial e tecnológico, com benefícios estratégicos para os domínios da Iluminação Pública, do Turismo, da Economia e da Cultura.

Alianso um amplo leque de parcerias e apoios envolvidos a escolha criteriosa das referências urbanas a "iluminar", Luzboa permite a afirmação de uma Identidade dinâmica para Lisboa - ao nível arquitectónico, artístico, cultural... - enquanto valor colectivo, de amplo acesso, com capacidade para atrair um significativo turismo cultural.

As luzes da cidade de Lisboa já se começaram a transfigurar...

CIRCUITO RED LISBOA ARISTOCRÁTICA Do Príncipe Real ao Largo de Camões
CIRCUITO GREEN LISBOA POMBALINA Do Chiado a Santa Justa
CIRCUITO BLUE LISBOA ANTIGA Da Rua da Madalena ao Largo de Sto. António à Sé

O Projecto RGB é o suporte físico da Bienal e caracteriza-se pela transfiguração espacial de todo o ‘edifício’, por meio de uma intervenção plástica efémera que modifica a cor da iluminação urbana e diminui a sua intensidade ao longo dos percursos, concebidos como um grande espaço expositivo à escala urbana. O Projecto RGB explicita os três Circuitos da Bienal, interligados e cada um deles correspondendo a um espaço-ambiente urbano característico. Essa transformação é enfatizada por intervenções [Esquiços e Art gets you through Night] que habitam o próprio espaço, assinalando-lhe pontos de fruição, e clarificam os percursos e limites da própria Bienal.

quinta-feira, 14 de setembro de 2006

10º Festival de cinema gay e lésbico de Lisboa


Começa amanhã no dia 15 de Setembro e acaba no dia 24 de Setembro o 10º Festival de cinema gay e lésbico de Lisboa. A programação encontra-se disponível aqui. Os filmes em exibição em baixo:

SECÇÃO COMPETITIVA LONGAS-METRAGENS
18.15 Uhr Ab Ostkreuz (Germany, 2006, 110’), de Jörn Hartmann
Electroshock (Spain, 2006, 98’), de Juan Carlos Claver
Go West (Bosnia and Herzegovina, 2005, 97’), de Ahmed Imamović
Gypo (UK, 2005, 98’), de Jan Dunn
Hard Pill (USA, 2005, 95’), de John Baumgartner
Loggerheads (USA, 2005, 101’), de Tim Kirkman
Love Sick – Legaturi Bolnavicioase (Romania, 2006, 90’), de Tudor Giurgiu
Ronda Nocturna (Argentina, 2005, 81’), de Edgardo Cozarinsky
Un Año sin Amor (Argentina, 2005, 95’), de Anahí Berneri
Unveiled (Germany / Austria, 2005, 97’), de Angelina Maccarone

SECÇÃO COMPETITIVA DOCUMENTÁRIOS
Au-Delà de la Haine (France, 2005, 86’), de Olivier Meyrou
Between the Lines – India’s Third Gender (Germany, 2005, 95’), de Thomas Wartmann
Eye on the Guy: Alan B. Stone & the Age of Beefcake (Canada, 2006, 48’), de Philip Lewis & Jean-Françoise Monette
Filthy Gorgeous: The Trannyshack Story (USA, 2005, 84’), de Sean Mullens
Gay Sex in the 70’s (USA, 2005, 70’), de Joseph Lovett
Hotel Gondolin (Argentina, 2005, 52’), de Fernando Lopez Escriva
Maricones (Canada, Peru, 2005, 52’), de Marcos Arriaga
Other Half, The (Switzerland, 2005, 60’), de Francesca Molo
Politics of the Heart (Canada, 2005, 67’), de Nancy Nicol
Say Amen! (Israel, 2005, 65’), de David Deri

SECÇÃO COMPETITIVA CURTAS-METRAGENS (PRÉMIO DO PÚBLICO)

FICÇÃO
Aliteración (Spain, 2005, 8’), de Roberto Menéndez
Bridge, The (Australia, 2006, 8’), de George Barbakadze
Can You Take It? (UK, 2005, 20’), de Justine Morris
Colin: interiors (The Netherlands, 2005, 6’), de Peter Lindhout
Comme un Boomerang (France, 2005, 26’), de Nicolas Breviere
Dare (USA, 2005, 16’), de Adam Salky
David (Mexico, 2005, 15’), de Roberto Fiesco
Ester (Spain, 2005, 15’), de Maria Pavón & Rut Suso
Fools and Kings (UK, 2006, 10’), de Pedro Machado
Group of Seven Inches (Canada, 2005, 7’), de Kent Monkman & Gisèle Gordon
Guy 101 (UK, 2005, 9’), de Ian W. Gouldstone
Hitchcocked (USA, 2005, 8’), de David M. Young
Hustler WP (USA, 2006, 19’), de Craig Cobb
Inside Rome (Italy, 2006, 26’), de Francesco Costabile
K. (Spain, 2005, 12’), de Juan Simons
Mormor’s Visit (USA, 2005, 16’), de Casper Andreas
My Kind of Woman (Italy, 2005, 13’), de Emanuele Scaringi
Night Swimming (USA, 2005, 19’), de Daniel Falcone
No Exit (USA, 2005, 14’), de Etienne Kallos
Odile (France, 2006, 10’), de Bénédicte Delgéhier
Older (UK, 2005, 9’), de Mark Chapman
Only Letter I’ve Ever Written, The (UK, Taiwan, 2005, 10’), de Tung-Yen Chou
Out Now (Germany, 2005, 20’), de Sven J. Matten
Panacea (USA, 2006, 13’), de Diego Costa
Pierre et Gilles. La Perversion (Spain, 2005, 3’), de Juan J. Moreno
Piper, The (UK, 2005, 10’), de Abbe Robinson
Purge (USA, 2005, 14’), de Etienne Kallos
Say Yes – Sag Ja (Germany, 2005, 15’), de Myriam Papantoniou
Stay (USA, 2005, 8’), de Chia-Yi Lin
Summer (UK, 2006, 9’), de Hong Khaou
Summervalley North (Ireland, 2005, 11’), de Leticia Agudo & Fernando Sánchez

DOCUMENTÁRIO
Din Don Down (Italy, 2006, 24’), de Giulia Brazzale & Luca Immesi
IML 2003 Part One: Pissies not Sissies (USA, 2006, 12’), de Charles Lum
Jane’s Birthday Trip (USA, 2005, 16’), de Etienne Kallos
Laura, Laura (Brazil, 2005, 26’), de José Cláudio Dias Guimarães
Queer Spawn (USA, Spain, 2005, 30’), de Anna Boluda
Reporter Zero (USA, 2005, 24’), de Carrie Lozano
Very Small Living Things (Portugal, 2006, 8’), de Jonathan Franco
Vida Travesti (Bolivia, 2006, 18’), de Diego Torres

FORA DE COMPETIÇÃO LONGAS-METRAGENS
Good Boys - Yeladim Tovim (Israel, 2004, 75’), de Yair Hochner
Hate Crimes (USA, 2004, 106’), de Tommy Stovall
Journey, The (India, 2004, 107’), de Ligy J. Pullappally
Timimoun (Algeria, Germany, 2005, 102’), de Michael Roes
Whispering Moon (Austria, 2005, 97’), de Michael Satzinger

FORA DE COMPETIÇÃO DOCUMENTÁRIOS
Bola de Nieve – El Hombre Triste que Cantaba Alegre (Spain, 2003, 73’), de José Sánchez-Montes
Cruel and Unusual (USA, 2006, 66’), de Janet Baus, Dan Hunt, Reid Williams
Doutor Estranho Amor (Portugal, 2005, 83’), de Leonor Areal
End of Second Class, The (Canada, 2006, 89’), de Nancy Nicol
Happy Hookers (India, 2006, 53’), de Ashish Sawhny
Katzenball (Switzerland, 2004, 87’), de Veronika Minder
Lady is a Champ, The (Israel, 2004, 60’), de Amit Azaz
Playing a Part – The Story of Claude Cahun (UK, 2004, 45’), de Lizzie Thynne
Reflections (France, 2006, 52’), de Eleonore Gachet & Lise Leboeuf
Seres Extavagantes (Spain, 2004, 54’), de Manuel Zayas
Tintenfischalarm – Octopusalarm (Austria, 2006, 107’), de Elisabeth Scharang
Transparent (USA, 2005, 61’), de Jules Rosskam

FORA DE COMPETIÇÃO CURTAS-METRAGENS
Ariana (USA, 2004, 27’), de Michael Sandoval & Shashi Balooja
Arie (Italy, 2004, 16’), de Gianluca Vallero
Man Seeking Man (Finland, 2004, 12’), de Matti Harju
Marco Solo (Australia, 2004, 9’), de Adrian Bosich
Overdue Conversation (USA, 2004, 9’), de Charles Lum
Sway (Austrália, 2004, 4’), de Jakeb Anhvu
Vacarme (France, 2004, 20’), de Arnauld Visinet
VIVE LA QUEER FRANCE! – programa de curtas | shorts programme
Assessino de la televisión, El (France, 2004, 5’), de Tom de Pekin & Philippe Donadini
Catch Me (France, 2005, 3’), de Tom de Pekin*
Devil Inside (France, 2004, 3’), de Tom de Pekin & Jean-Gabriel Périot
Do You Know That Bad Girls Go To Hell? (France, 2004, 5’), de Tom de Pekin
Exutoire (France, 2002, 9’), de Rémy Yadan
Fabuleux Destin d’Amélie Putain, Le (France, 2005, 11’), de Panik Qulture*
Gender Trouble (France, 2005, 4’), de Tom de Pekin*
How to Ass Ejaculate (France, 2005, 8’), de Panik Qulture*
Nécropole de l’Amour (France, 2002, 6’), de Rémy Yadan
Pine-Pong (France, 2003, 3’), de Tom de Pekin & The Brain
Pop Porn Party (France, 2005, 4’), de Panik Qulture*
Rain (France, 2004, 2’), de Jean-Gabriel Périot
Stick it to Hetero Culture (France, 2004, 6’), de Panik Qulture
ZAP les superheteros (France, 2004, 3’), de Panik Qulture
(*Os filmes assinalados estão em competição para Melhor Curta-Metragem)

HARD-NIGHT
One Night Stand (France, 2006, 90’), de Emilie Jouvet
Pirate Tape 1 (USA, 2005, 90’), de Massimo & Pierce
RETROSPECTIVA HISTÓRICA DE CINEMA LGBT ESPANHOL
HISTORICAL RETROSPECTIVE OF SPANISH LGBT CINEMA
A Un Dios Desconocido (Spain, 1977, 105’), de Jaime Chávarri
Cambio de Sexo (Spain, 1977, 106’), de Vicente Aranda
Diferente (Spain, 1962, 102’), de Luis María Delgado
La Muerte de Mikel (Spain, 1984, 90’), de Imanol Uribe
Los Placeres Ocultos (Spain, 1977, 98’), de Eloy de la Iglesia
PANORAMA CIRCUITO COMERCIAL 2005 / 2006
COMMERCIAL CIRCUIT PANORAMA 2005 / 2006
Breakfast on Pluto (Ireland, UK, 2005, 129’), de Neil Jordan
Brokeback Mountain (USA, 2005, 134’), de Ang Lee
Capote (USA, 2005, 113’), de Bennett Miller
Odete (Portugal, 2005, 101’), de João Pedro Rodrigues
Transamerica (USA, 2004, 103’), de Duncan Tucker

CICLO DE CINEMA DIGITAL
Goethe-Institut – 25 a 29 de Setembro
Based on a True Story (The Netherlands, 2004, 75’), de Walter Stokman
Graffiti Artist (USA, 2004, 80’), de Jimmy Bolton
Intimitaeten (Germany, 2003, 71’), de Lukas Schmid
Horst Buchholz...Mein Papa - Horst Buchholz...My Papa (Germany, 2005, 90’), de Christopher Buchholz e Sandra Hacker
Nachbarinnen – Wanted (Germany, 2004, 88’), de Franziska Meletzky

O fado de Lisboa

terça-feira, 12 de setembro de 2006

VI Marcha Anti-Touradas e de Defesa Animal

A Coligação "Unidos Contra as Touradas" vai promover no próximo sábado dia 16 de Setembro a VI Marcha Anual Anti-Touradas e de Defesa Animal. Esta marcha de cariz pacífico pretende sensibilizar o público para a importância e necessidade do respeito pelos direitos de todos os animais.

Esta terá como especial enfoque o tema da tortura tauromáquica, que se intensifica durante os meses de Agosto e Setembro. A marcha irá centrar-se de igual modo no direito de todos os animais ao não sofrimento desnecessário, a uma vida digna e de acordo com a sua natureza.

A concentração dos participantes acontecerá no Parque Eduardo VII (junto ao Marquês de Pombal) pelas 17:00h. A Marcha a pé terá inicio por volta das 18:00h e terminará em frente à Praça de Touros do Campo Pequeno pelas 19:30h.

Será disponibilizada alimentação vegetariana e bebidas a preços simbólicos no final do trajecto pelo restaurante vegetariano Govindaji de Oeiras.
Haverá também animação e actividades lúdicas várias, mostrando que divertimento não significa sofrimento.

Autocarros gratuítos Porto - Lisboa e volta

Saída da Praça Velasquez às 13h (frente ao Café Bom Dia) Paragem em Coimbra às 14:30h Chegada ao Parque Eduardo VII às 16:30h Regresso do Campo Pequeno às 21:00h

Confirmações Porto: 916077000

Confirmações Lisboa: 912702224

domingo, 10 de setembro de 2006