quinta-feira, 28 de dezembro de 2006

Passagem de ano gay

Passagem de ano gay pode ser no Trumps ou em muitos outras discotecas gay, gay-friendly. Como verifiquei que em algumas pesquisas o termo "passagem de ano gay" era recorrente, aqui fica o conselho para uma passagem de ano gay em Lisboa.

A Passagem de ano em Lisboa conta também com o fogo de artifício, André Sardet e José Cid na Praça do Comércio.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2006

Como dizer à prima (hetero) que se é lésbica?

«Ela: Mas então conta-me lá. Há alguém especial na tua vida?
Eu: Hummm… sim… (arrependi-me logo claro…)
Ela: Boa! E como é que ele se chama? E onde trabalha?
Eu: Hummm… é uma ela.
Ela: Como?!?! Uma ela?!?!
Eu: Hummm… pois… virei lésbica, homossexual, descobri que gosto de mulheres prontos!
Ela: Aii!! Mas isso deve ser uma fase! Andas muito em baixo não é?
Eu: Não! E não é uma fase. Já dura há dois anos!
Ela: Ai… mas olha, isso passa-te, deve ser só porque ainda não conheceste o homem certo!
Eu: Grrrrrrr...»
Escreve a Blue
Reparem, se fosse um homem este discurso não teria sentido...
«Ele: Mas então conta-me lá. Há alguém especial na tua vida?
Eu: Hummm… sim… (arrependi-me logo claro…)
Ele: Boa! E como é que ela se chama? E onde trabalha?
Eu: Hummm… é um ele.
Ele: Como?!?! Um ele?!?!
Eu: Hummm… pois… virei gay, homossexual, descobri que gosto de homens prontos!
Ele: Aii!! Mas isso deve ser uma fase! Andas muito em baixo não é?
Eu: Não! E não é uma fase. Já dura há dois anos!
Ele: Ai… mas olha, isso passa-te, deve ser só porque ainda não conheceste a mulher certa!
Eu: Grrrrrrr...»
Porquê?

A Rainha, no Saldanha Residence


Desde quinta-feira está em exibição no Saldanha Residence o filme A Rainha. Helen Mirren interpreta o papel de rainha e só por isso já vale a pena vê-lo.
+ sobre o filme "A Rainha"

quarta-feira, 20 de dezembro de 2006

As 7 maravilhas de Portugal

Faltam 199 dias para terminar a votação.

Castelo de Almourol | Castelo de Guimarães | Castelo de Marvão | Castelo de Óbidos | Convento de Cristo | Convento e Basílica de Mafra | Fortaleza de Sagres | Fortificações de Monsaraz | Igreja de São Francisco | Igreja e Torre dos Clérigos | Mosteiro da Batalha | Mosteiro de Alcobaça | Mosteiro de Sta Maria de Belém | Paço Ducal de Vila Viçosa | Paços da Universidade | Palácio de Mateus | Palácio Nacional da Pena | Palácio Nacional de Queluz | Ruínas de Conímbriga | Templo Romano de Évora | Torre de S. Vicente de Belém

Tem sempre 199 dias para as visitar.
+ sobre as 7 maravilhas de Portugal

terça-feira, 19 de dezembro de 2006

O Lago dos Cisnes, Teatro Camões

«Inspirado numa antiga lenda alemã, em que o mundo tridimensional se cruza com um mundo mágico e místico, O Lago dos Cisnes conta a história de Odette, uma princesa transformada em cisne pela acção perversa de um feiticeiro. Após uma difícil luta entre o poderoso e cruel Von Rothbart e o Príncipe Siegfried, Odette é finalmente resgatada pelo amor do príncipe. Uma história em que prevalece o poder do amor sobre a ambição e a traição.»
No Teatro Camões, Parque das Nações
Tel.
21 892 34 77
Dez 06 21, 22, 23, 28, 29, 30 às 21h
Jan 07 4, 5, 6 às 21h 7 às 16h
Preço dos bilhetes: de 5€ a 35€ (depende do lugar)

domingo, 17 de dezembro de 2006

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Ódio skinhead cresce na Europa e em Portugal

Daniel Oliveira escreve no seu blog Arrastão que foi hoje "ameaçado de morte" por Mário Machado, líder da Frente Nacional.

«No meio de vários insultos (todos envolvendo a orientação sexual que ocupa de forma obsessiva a imaginação destes rapazes) e de uma simulação de como me tencionava agredir, com alguma teatralização mímica e risos orgulhosos, apresentou-se: Mário Machado. E para eu passar a ter cuidadinho na rua.» Daniel Oliveira descreve assim o teor da conversa ameaçadora.

O PNR é um partido contra a emigração e o lobby gay por "desvirtuar os valores", ou seja, não só por estas razões mas também, o PNR é considerado um partido NAZI.

Este partido tem aproveitado a Internet para crescer nos jovens, assume-se como a ovelha branca, quando todos os outros são as ovelhas negras (referência racista). Onde os partidos "negros" estão a falhar o PNR está a crescer. Movimentos de ódio crescem já há alguns anos com a vaga de imigração e o fraco investimento na segurança, na justiça, e no descrédito de todos os partidos políticos.

Daniel Oliveira
acaba por ser uma vítima fácil para a Frente Nacional. Talvez um cabrito de teste antes de avançarem para as ovelhas negras.


Mais:
«O [Mário] Machado era apenas um porteiro de discoteca e converteu-se num líder político.»
Blog de Mário Machado, lider da Frente Nacional
Comentários no forum oficial do PNR acerca da ameaça de morte

terça-feira, 12 de dezembro de 2006

segunda-feira, 11 de dezembro de 2006

HOLA, Festival de Cinema Ibérico, no S. Jorge

Quarta-feira, às 17H30 realiza-se no S. Jorge a mostra de curtas produzidas pelas escolas de cinema que existem em Portugal no âmbito do Festival de Cinema Ibérico. O Festival não parece estar a ter o sucesso esperado, talvez pela má escolha da época para o fazer. Festivais concorrentes de cinema não faltam.

"Dentro" de David Delgado-Llavina, Escac - ES

"Frozen Rhythm" de Daniel Smallman, ARS Animación - ES

"Corte" de Sofia Arriscado, ETIC - PT

"Inquérito Privado" de Henrique Bento, Universidade Lusófona - PT

"Ad Vitam" de Nuno Baptista e Paula González, Restart - PT

«O meu Umbigo» de Cláudia Matos Silva

“O Meu Umbigo” é o livro de estreia de Cláudia Matos Silva, locutora/animadora de rádio. A aventura de escrever um livro é algo que já vem desde a infância, no entanto, nunca teve coragem de levar a ideia até à realidade de um livro, objecto, táctil, físico... até hoje.

“O Meu Umbigo” é um pequeno livro que reúne 25 crónicas de temas tão variados como o cinema, a música ou as avarezas do dia a dia. A autora escreve sobre o que são as suas grandes paixões, sobre os seus ódios de estimação, refl ecte sobre as suas fraquezas, ironiza consigo própria e cria um universo do inesperado entre o real e o fi ccional. Cabe ao leitor tentar descobrir se há realidade em” O Meu Umbigo” ou se tudo não passam de devaneios criativos de uma autora em inicio de carreira.

Cláudia Matos Silva assume-se, sem pudor ou falsos moralismo de egocêntrica e foca todos os temas sempre sob a sua perspectiva pessoal. Há incoerências mas é isso que torna “O Meu Umbigo” num registo tão humano e delicioso de descobrir página após página. Quem lhe pega, não consegue parar de o ler até ao fi m, onde a autora termina com um arrojado convite a Madonna para ir beber um chá de morango lá a casa. Porque segundo Cláudia Matos Silva os grandes feitos estão à distância de um simples pedido. E pode ser que um dia a Diva da Pop saia do seu pedestal e resolva ir algures a um prédio na margem sul do Tejo. Por certo que a Cláudia terá todo o gosto em pôr a uso o serviço de chá que continua guardado para ser estreado num momento especial.
Press Release
Adquirir o livro


Cláudia é locutora da rádio OPA, O Melhor da Nova Música Nacional, que pode ser ouvida online. Esta rádio estará disponível no Loucos com todas as novidades logo assim que são actualizadas.

sábado, 9 de dezembro de 2006

Como são produzidas as peles em Portugal?

Investigadores da ANIMAL entraram sob disfarce no mundo secreto das quintas de coelhos em Portugal para expor a violência sofrida pelas verdadeiras “vítimas da moda”, das quais o Governo e as autoridades afirmam não ter conhecimento :: Peles de coelhos produzidas em Portugal são enviadas para a China, via Espanha, de onde são enviadas de volta para entrarem nos mercados português e europeu.

A ANIMAL criou um vídeo com o título “The Real Fashion Victims”. A ver.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2006

Margem da vida, de Gao Xingjian


(foto de António Rodrigues)
Na Margem da vida, de Gao Xingjian aborda o tema da mulher na ruptura. Uma mulher enfrenta um momento de exaustão física e mental partindo para um monólogo interior onde descreve a sua relação amor/ódio com o homem que vive, seguindo-se uma série de evocações do passado até atingir um ponto de alucinação ao vislumbrar personagens e situações surreais, atingindo um estado limite entre a vida e a morte.

Quando a história começa, a mulher diz-nos que não suporta mais o homem com quem vive, sendo desta premissa radical que ela parte para uma viagem vertiginosa ao seu universo íntimo.

A confrontação com o Eu é a procura da sua própria identidade. A mulher fala de si na terceira pessoa como se quisesse separar as palavras dos sentimentos, apesar de o mundo exterior e as obsessões interiores não pararem de se cruzar e de a invadirem. Pelo meio desta viagem vai inventando personagens, o Homem... um Velho... uma Monja Budista...

Como poderá ela rasgar todas as máscaras e reencontrar a essência da vida? A própria voz vem de tão longe que ela a entende a custo. As palavras flúem, mas a quem fala ela senão a si mesma?
Elenco| Tânia Guerreiro, Pedro Manuel e Ana Rita Trindade
Texto| Gao Xingjian, Nobel da Literatura 2000
Tradução| Diogo Bento
Encenação|
Maria Gil
Cenografia|
Pedro Silva
Figurinos|
Catarina Varatojo
Composição musical|
Marco Batista
Interpretação musical|
Marina Hasselberg
Vídeo|
Pedro Paiva
Desenho de luz|
Carlos Arroja
Montagem|
Bruno Oliveira e Carlos Arroja
Sonoplastia|
Sérgio Milhano
Voz|
Sara de Castro
Direcção de produção do teatromosca|
Pedro Alves
Produção executiva|
Maria João Sequeira
Uma co-produção|
teatromosca, Teatro do Silêncio, Lugar Comum, Casa Conveniente e Centro Cultural Olga Cadaval
Apoios|
Câmara Municipal de Lisboa, Câmara Municipal de Sintra, Sweeden Parts, Junta de Freguesia de Santa Maria e S. Miguel, Rádio Europa, Portucel e Robialac

Passagem de ano em Lisboa

A tradicional passagem de ano de Lisboa realiza-se novamente na Praça do Comércio seguindo o mesmo modelo do ano passado, no entanto, com artistas diferentes. André Sardet (com quarta platina) antes de 2007, José Cid no início de 2007. Entre eles, fogo de artifício.

SIDA nas mulheres heterossexuais com idade inferior a 30 anos






Um dos melhores videos do MTV Staying Alive. Trata-se de uma óptima reflexão sobre um dos grupos de risco em crescimento: as mulheres heterossexuais com idade inferior a 30 anos.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2006

A associação gay Ursos de Portugal tem fim marcado

A associação Ursos de Portugal deixa este ultimo texto no seu site:

"A ASSOCIAÇÃO ENCONTRA-SE EM FASE DE DISSOLUÇÃO

POR ESTA RAZÃO A PÁGINA IRÁ ENCERRAR EM 31 DE DEZEMBRO DE 2006."

Constata-se através do site da associação gay Ursos de Portugal que era uma associação "amiga" e é pena a sua dissolução.

domingo, 3 de dezembro de 2006

Lesboa, onde as lésbicas se podem beijar no espaço público

Os gays beijam-se com mais frequência no espaço público que as lésbicas. Discutia-se isto no outro dia porque eu não entendia o porquê. Na minha opinião até me parece haver mais lésbicas que gays em Portugal, no entanto, elas são mais discretas, por opção ou por falta dela?

A J. explicou-me que é mais difícil as pessoas abordarem ou entrarem em conflito com dois homens do que com duas mulheres. Com os homens as pessoas olham, mas mesmo que queiram têm medo. Com as mulheres o mesmo não se passa; tradicionalmente recebem piropos, e muitas vezes causam acidentes de trânsito (especialmente se forem bonitas) por provocarem tanta distracção nos homens.

Talvez por este motivo muitas lésbicas optem pela menor exposição ou pela agressão contra a sociedade em que se têm de inserir, o que pode gerar efeitos perversos de ambos os lados. O Lesboa pode e deve ser um espaço de liberdade onde um conjunto de pessoas festeje a sua sexualidade.

Pontos Fortes do Lesboa:
  • Melhor local para a realização do evento
  • Actuação dos O’QueStrada e da DJ Mariana Couto
  • Adaptação da música ao gosto do público
  • Retorno de algum público que marcou o primeiro Lesboa
  • Maior organização e reforço de pessoal
  • Melhor recepção do público
  • Parque de estacionamento
  • As casas de banho (notou-se o esforço da organização)
  • A não parceria com Associações como a Panteras Rosas, que não soube aceitar um não como resposta. E é um não que se percebe ainda mais pela atitude consequente que ocorreu depois: "Porque estávamos a divulgar a Lesboa Party e deixaremos de o fazer"
Pontos a melhorar do Lesboa:
  • Falta de aproveitamento do Lesboa para visionamento de Video Art. Haviam dois espaços na entrada e no fundo do pavilhão que permitiam a instalação, pois tratavam-se de espaços semi-desocupados que se poderiam dinamizar através da projecção de videos até sobre a temática do dia 1 de Dezembro: a Sida; ou com temáticas queer, por exemplo
  • Caipirinha. Será que ninguém na organização sabe o que é uma capirinha bem feita? Afinal foi a bebida mais escolhida, contudo a que deixou mais a desejar.
Relatos da segunda edição do Lesboa Party


Uma das coisas mais engraçadas foi o impacto que a presença da minha amiga (hetero, pelo menos até essa noite) causou. Eu ainda lancei alguns olhares, numa de ver se alguém se aproximava ou me deixava aproximar... mas acho que o meu "olhar sensual" precisa de treino, lol. Isto porque passei a noite a "apontar" o dito olhar a pessoas que não me ligavam ou que depois percebia estarem acompanhadas.
Tenho de sair mais vezes. Vou fazê-lo.
Avancos&Recuos

Isto cada vez está melhor, a comunidade lésbica está a crescer quem nem cogumelos. Elas são giras, elas são diferentes, elas são inteligentes, elas são independentes…enfim são fantásticas simplesmente.
Eyes On The Pride

Soube muito bem o sorriso aberto de alguém que nos recebeu como em sua casa, o local escolhido e as suas luzes, a música, a alegria generalizada e contagiante de quem nada tem a conter.
Conversas Inacabadas

Um ambiente bastante diferente do que estamos habituados, algumas surpresas, boa música e um espaço muito giro. Ainda tivémos a oportunidade de conhecer ao vivo e a cores alguns dos bloguistas com que "convivemos" diariamente.
Director's Cut

Dos melhores sets que ouvi, a DJ Rita Zukt brilhou na 2ª Edição do Lesboa Party. Foi muito, mesmo muito bom!!!
Nuba

O lugar era lindo, a decoração nada de mais, a iluminação podia ter estado um pouco melhor, a simpatia das pessoas era óptima...
Gekuxá

Saldanha em 1960

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

Este Sábado, o melhor evento LGBT de Portugal

http://photos1.blogger.com/blogger/3681/3374/1600/Lesboa%20Party_webflyer.jpg

O Arraial Pride é o maior evento, no entanto, em qualidade o Lesboa consegue bater de longe o Arraial Pride. Lesboa Party é uma festa ecléctica e com um cariz mais cultural do que apenas de entretenimento e causa política. Esse facto é notório na evolução da sua mini-programação.

terça-feira, 28 de novembro de 2006

Juventude em Marcha, Pedro Costa


"Nas primeiras imagens alguém lança pela janela os móveis da sala. Uma casa suspensa na noite, com um pequeno quadrado-janela que vomita mobília. Parece uma casa sozinha depois de um dilúvio que atingiu a terra. Não há vozes para a afronta. Depois alguém fala, nas escadas, de faca na mão. Não explica o acto, mas lembra-se e conta-nos a sua infância em Cabo Verde.", Luís-Cláudio Ribeiro

O filme foi produzido pela Contracosta Produções, LDA*, e obteve um subsídio do ICAM no valor de €650.000.

Em Lisboa, na 5 de Outubro, no Nimas

*Contracosta Produções, LDA
Tv. da Pereira, N. 16A, Porta B, 1170-313 Lisbon, Portugal.
T: (351-21) 886-0393 F: (351-21) 886-0280
contracosta@contracosta.pt

Update no Loucos
Foi introduzido no Loucos um campo de pesquisa no lado direito só para alguns blogs e sites de orgãos de comunicação social. Por exemplo clicando aqui experimentarás fazer a pesquisa por "juventude em marcha pedro costa".

Get ASF Stream 2.x | streaming recorder

Get ASF Stream 2.x é um programa freeware.

Num tempo em que o video na internet é cada vez mais em streaming, o que não permite gravar os videos no disco rigido, este programa freware (pouco disponível para download na net) permite este streaming. Basta saber a fonte de streaming, colocar a URL e o video transforma o streaming num MPG. Permite depois a sua publicação no Google Video ou no YouTube.

Get ASF Stream 2.x é um utilitário na gravação de streaming. Todos os outros programas semelhantes são trial ou por compra. Em alternativa existe este disponível gratuitamente para download por ser freeware.

domingo, 26 de novembro de 2006

Cinema vegetariano dá primeiros passos

DOCUMENTÁRIO "A CARNE É FRACA"
(documentário dividido em seis partes)








Gulbenkian Lisboa pequena para tantos visitantes

Pintura (Brut 300 TSF)
Fazem-se filas para a compra ou recepção de bilhetes, filas para depósito de malas, e ainda filas para a entrada nesta exposição com a obra de Amadeo de Souza-Cardoso.
Na agenda do Loucos

sábado, 25 de novembro de 2006

Arte digital :: John Tonkin


John Tonkin é um artista que através da Web produz as suas instalações / reflexões / obras de arte. No projecto Online Elastic Masculinities, John Tonkin faz uso do seu corpo no sentido de descobrir aos olhos do espectador qual seria o corpo que melhor representaria a bravura, o sexy, arrogante, vulnerável, etc.

"Physiognomy is the reading of a person's character from the physical features of their face. Historically physiognomical studies consisted of drawings of faces accompanied by a written analysis."

sexta-feira, 24 de novembro de 2006

DIA SEM COMPRAS - 25 Novembro, sábado

Qualquer pessoa pode participar, bastando para isso tentar passar um dia sem gastar!
O desafio é tentar uma vida simples por um dia. Passe tempo com familiares e amigos em vez de gastar dinheiro com eles ou consigo.

O intuito é reflectir acerca do quanto estamos dependentes de hábitos consumistas e acerca das diversas consequências que o “simples” acto de consumir pode ter. Por exemplo, as consequências éticas e ambientais do consumismo.

Os países desenvolvidos - apenas 20% da população mundial - consomem mais de 80% dos recursos naturais da Terra causando danos ambientais e uma distribuição da riqueza injusta.

Como consumidores necessitamos de questionar os produtos que compramos e desafiar as empresas que os produzem. Quais o riscos reais para o ambiente e para os recursos dos países em desenvolvimento? É nossa responsabilidade criar soluções simples e incentivar a reflexão sendo o Dia Sem Compras uma boa altura para começar.

O Dia Sem Compras não pretende mudar o estilo de vida apenas por um dia, esperamos que se torne num projecto duradouro, talvez uma experiência capaz de transformar toda a vida. As pessoas realmente deveriam consumir menos, reciclar mais e desafiar as empresas a serem transparentes e justas.

O consumismo moderno oferece grande variedade de escolha mas esta não deveria ocorrer à custa da destruição ambiental ou da exploração dos países em vias de desenvolvimento.

GAIA

terça-feira, 21 de novembro de 2006

Beijos E Abraços, Teatro Comuna

Beijos e Abraços... o título só por si nos levaria para uma dimensão de um romantismo de tal grandiosidade que entraríamos em êxtase...pois é a parte final é verdade mas no clima de romantismo existia sim um tom dramático tão mas tão intenso que faz com que os nossos olhos não consigam num só segundo desviar-se de toda a acção que decorre nesta peça.

Coelhinho de Lisboa


Mapa mundo referente às leis nacionais sobre as relações homossexuais

segunda-feira, 20 de novembro de 2006

MySpace deixará de existir?

The image “http://x.myspace.com/images/LogoDotcom.gif” cannot be displayed, because it contains errors.
"A Universal Music apresentou uma queixa contra a rede social MySpace por esta infringir os direitos de autor dos artistas vinculados à popular companhia discográfica.

O MySpace é acusado de permitir que os utilizadores publiquem vídeos de forma ilegal, o que faz da partilha dos conteúdos e envio dos mesmos a outros internautas um delito como outro qualquer."

Notícia do Tek

domingo, 19 de novembro de 2006

4º Nippon Koma - Festival de Cinema Japonês


Já em Dezembro decorre a quarta edição do festival de cinema japonês na Culturgest.


Filmes em exibição:
Narita Heta Village, 1973 de OGAWA Shinsuke
Paranoia Agent Vol. 3: Serial Psychosis, 2004 de Kon Satoshi
Horu, 2005 de FUJII Shiro
The Magic of Amelia, 2005 de EKAKIYA
Ai no Jou, 2005 de AOMATSU Takuma
Mokomichi Wonder Shock, 2005 de MITSUSOU Keppek
Doll, 2005 de PIROPITO
Insanity, 2005 de HORIUCHI Katsuyuki
The rhythm of symbol, 2005 de SHINKAI Tarou
Aspect, 2005 de EQUINOX
The dove is cooing, 2005 de KUWAYAMA Kayoko
Sakadachi-kun hitasura hashiru, 2005 de MURATA Tomoyasu
Fullthrottle Minus, 2005 de SAYAMA Makoto
Anima, 2005 de Hotchi Kazuhiro
Gate Vision, 2005 de KOBAYASHI Kazuhiko
YWR, 2005 de TAMUKAI Jun
Tiny, 2005 de SHIBATA Daihei
ZOU, 2005 de URYU Madoka
Girl’s usual, 2005 de ENDO Yukari
Pirasareyan, 2005 de TOYAMA Hiroto
Spin, 2005 de OHRYS BIRD
Kotatsu-neko, 2005 de AOKI Jun.
30 Years of Sisterhood, 2004 de YAMAGAMII Chieko / SEYAMA Noriko
Five Days, 2003 de NAKAJIMA Takashi
Paranoia Agent Vol. 4: Sayonara Maromi, 2004 de Kon Satoshi
Beyond the Train Tracks, 2005 de MIKAGE Tayuta
Pale Cocoon, 2005 de YOSHIURA Yasuhiro
Exit [Viral], 2006 de TOMIOKA Satoshi
Tough Guy, 2005 de KISHIMOTO Shintarou
Highway 77, 2005 de NAKAO Hiroyuki / P.I.C.S.
Birds, 2005 de TOSHIAKI Hanzaki
I like your face, 2005 de NODA Nagi
Garbage Collector, 2005 de HANAFUSA Makoto
Scope, 2005 de YABUKI Makoto
Platform, 2004 de Tacoroom
Storyboard, 2005 de Ne-O
Jinniku, 2005 de Alessandro PACCIANI
Rodeo Machine, 2005 de GROOVISIONS
Mr beer, 2005 de 5JGN / VJ GEC
Bloomy Girls, 2005 de MASAKATSU Takagi
Dot Junky, 2005 de SUGAWARA Makoto
Motto Shiritaidesyo, 2005 de TANAKA Hideyuki
Flowery, 2005 de HASHIMOTO Daisuke / P.I.C.S.
A life trip, 2005 de Le Pivot / Kirameki
Butazuka, 2005 de FURI FURI
Samurai Crash, 2005 de INOUE Taku / P.I.C.S.
Speaker Typhoon, 2005 de TANAKA Hideyuki
Wamono, 2005 de +Cruz / W+K Tokyo Lab
Kiba, Tokyo Micropole, 2004 de Catherine CADOU
A Visit to Ogawa Productions, 2001 de OSHIGE Junichiro
Memory of Darkness, 2000 de TANAAMI Keiichi
Summer Gaze, 2002 de TANAAMI Keiichi
Memories, 2002 de TANAAMI Keiichi
Goldfish Fetish, 2002 de TANAAMI Keiichi
Why? Remix, 2002 de TANAAMI Keiichi
Puzzle of Autumn, 2003 de TANAAMI Keiichi
Scrap Diary / Animactions, 2004 de TANAAMI Keiichi
Trip, 2005 de TANAAMI Keiichi
Mask, 1991 de AIHARA Nobuhiro
Air Power, 1994 de AIHARA Nobuhiro
Yellow Fish, 1998 de AIHARA Nobuhiro
Wind, 2000 de AIHARA Nobuhiro
Memory of Red, 2004 de AIHARA Nobuhiro
In Yellow Night, 2005 de AIHARA Nobuhiro
Breadth of Wind, 2001 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
Running Man, 2002 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
Scrap Diary, 2002 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
Fetish, 2003 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
Landscape, 2004 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
10 Nights’ Dreams, 2004 de TANAAMI Keiichi / AIHARA Nobuhiro
Ski Jumping Pairs – Road to Torino 2006, 2005 de MASHIMA Riichiro / KOBAYASHI Masaki
Ghost in the Shell II – Innocence, 2004 de OSHII Mamoru

Artesanato em Lisboa

Existem inúmeros blogs/sites que vendem artesanato na net na maior parte das vezes como hobbie pois não são lucrativos o suficiente para que uma pessoa "viva" desta actividade.

Foi criado no Loucos de Lisboa um conjunto de links para estas páginas de venda de artesanato.

Mais sugestões loucoslisboa@netcabo.pt

sábado, 18 de novembro de 2006

quarta-feira, 15 de novembro de 2006

IMAGENS SOBRE MÚSICA - Mostra de Filmes Documentários (2ª edição)

21 a 25 de Novembro
"Na prossecução dos seus objectivos de divulgar a música em geral, e da portuguesa em particular, nas suas várias expressões, a Fonoteca Municipal de Lisboa promove Imagens sobre Música – Mostra de Filmes Documentários (2ª Edição).

Constituída por um conjunto de nove títulos de duração variável, Imagens sobre Música pretende divulgar os mais recentes filmes documentários de temática musical produzidos em Portugal.
Abrindo com um filme em estreia, nesta 2ª edição cruzam-se aspectos multifacetados da vida musical portuguesa – o trajecto de algumas bandas rock actuais, a preparação da Marcha num bairro lisboeta, os processos de montagem de uma produção operática, os discursos em torno de tradições musicais e o percurso biográfico de compositores e intérpretes incontornáveis da cena nacional.

Entrada livre."

Amadeo de Souza-Cardoso, na Gulbenkian

Pintura (Brut 300 TSF)
Na agenda do Loucos

Fecho definitivo do Museu de Arte Popular

Museu de Arte popular foi inaugurado em 1948. Tinha como objectivo mostrar e arquivar a diversidade histórico-geográfica das artes populares. Foi um projecto (museografia) do Arquitecto Jorge Segurado.

Razões para a degradação:
  • Inexistência de obras de manutenção.
Futuro apontado:
  • Museu da Língua
Raquel Henriques da Silva teme que o novo museu da língua seja desenvolvido baseando-se no Museu de Língua Portuguesa de S. Paulo, Brasil.

Refere que o Museu de Etnologia (Ministério dos Negócios Estrangeiros) já possui arquivos (alguns sonoros) que seriam indispensáveis.

Aconselha também que o Museu de Arte Popular, a transformar-se no Museu da Língua, seja tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros devido à sua experiência.

Na L+Arte, a professora da UNL faz uma crítica ao Ministério da Cultura por avançar com projectos sem um conhecimento aprofundado do que já se faz em Portugal.
Outros destaques da L+Arte Outubro:

terça-feira, 14 de novembro de 2006

segunda-feira, 13 de novembro de 2006

INEM

Há pouco tempo, um homem percebeu que havia pessoas dentro da sua garagem, em Lisboa, a roubar. Ligou para o 112, atendeu a polícia, mas disseram que não havia ninguém por perto para ajudar, que mandariam alguém assim que possível. Desligou. Uns minutos depois, ligou novamente e disse: "Olá, eu liguei há bocado porque estavam pessoas a assaltar a minha garagem. Já não é preciso virem depressa, porque eu matei-os".


Passado pouco tempo, estavam meia dúzia de carros da polícia na área,uma ambulância e uma unidade do INEM. Os ladrões foram apanhados em flagrante.

Um dos polícias disse: "Pensei que tivesse dito que os tinha morto!", ao que o senhor respondeu: "Pensei que tinha dito que não havia ninguém disponível."

domingo, 12 de novembro de 2006

ARTE LISBOA FIL termina amanhã às 22H



http://photos1.blogger.com/blogger/4578/2043/640/HPIM0692.jpg
(imagen de Escrevedoiros e Maluquices)
Bilhete Arte Lisboa: 3,5€
Jovens|Senior|Estudante : 2,00€

Galeria 111, 24b, 23 Y 12 (Cuba), Alejandro Sales (SP), Alvarez, Ángeles Baños (SP), Annta Gallery (SP), Antiks Design, António Prates, Art Lounge, Arte Periférica, Arte y Naturaleza (SP), Arteko (SP), ArtFit, Arthobler, Baginsky Contemporary-Photography, Bolsa de Arte (BR), Carlos Carvalho, Celma Albuquerque (BR), Christa Schübbe (D), Cristina Guerra, Cubic, Dovin (HUN), Fernando Santos, Filomena Soares, Fonseca Macedo, Graça Brandão, Hartmann (SP), João Esteves de Oliveira, Jorge Shirley, Kunsthaus Santa Fé (MEX), La Caja China (SP), La Caja Negra (SP), Lisboa 20, María Llanos (SP), Mário Sequeira, MCO, Minimal, Módulo, Monumental, Palmira Suso, Pedro Cera, Pedro Oliveira, Pedro Peña (SP), Pedro Serrenho, Plumba, Presença, Quadrado Azul, Quattro, Renate Schroeder (D), Sacramento, Sala Maior, São Francisco, São Mamede, Serpente, Sete, Siboney (SP), Sicart (SP), Sopro, Tráfico de Arte (SP), Trema, Trindade, Valbom, Vera Cortês, VPF Cream Arte.

Na agenda do Loucos

"Os convites em forma de postal, acessíveis a qualquer pessoa num qualquer estabelecimento, ajudaram à afluência de público. Mas não será essa uma forma de ocultar o verdadeiro estado das artes em Portugal? Ou será descabido acreditar que, de outra forma, a maioria daquelas pessoas não tinha ali acorrido?... É assim tão importante demonstrar às diversas entidades que a Arte Lisboa é um projecto válido, pois consegue captar a atenção de inúmeras pessoas? Não valia mais apostar num conceito sólido e estruturante que transformasse a Arte Lisboa num evento singular, capaz de suscitar o interesse de alguém sem recorrer a manobras de aliciamento falaciosas? Afinal, as galerias continuam vazias e os museus enchem de quando em vez, sendo necessário recorrer a uma Paula Rêgo ou uma Frida Kahlo para agitar as consciências. Será este um problema da arte? Um problema português? As perguntas sucedem-se, as respostas... não.

Adiante. Falemos de arte e artistas.

No meio daquele "amontoado", as enormes telas abstractas de Jason Martin fizeram furor." (continue a ler no Entrelinhas)

Viúva Rica Solteira Não Fica





O filme Viúva Rica Solteira Não Fica estreia já na quinta-feira

O voyeurismo chegou à blogoesfera

Existem dois blogs, o Hi5 porcos e o hi5 porcas que são reflexo da cultura de voyeurismo que existe na sociedade consumidora de imagens. Nestes blogs são apresentados profiles do Hi5 caricatos, assim como profiles de famosos como o da Teresinha da Netcabo, ou Zé vocalista dos Fingertips. Observa-se assim não só ao consumo de imagens como também uma desconstrução das mesmas. Parece que a blogoesfera se limita a fazer concorrência aos jornais, mas também às revistas como (alguém sabe um nome de alguma?)...

Um retrato de um país que brinca

sábado, 11 de novembro de 2006

Disco Fever 06


Aprender a dançar disco para o Disco Fever 06.
Hoje, sábado, no Pavilhão Atlântico às 21H30.
As bilheterias fecham às 23H59.
"Mais uma vez, o Pavilhão Atlântico vai tornar-se a maior discoteca do país e contará com uma decoração propícia a um verdadeiro ambiente disco sound. Espera-se ainda que, à semelhança do ano passado, muitas pessoas venham assistir a este espectáculo vestidas a rigor com as suas roupas, cabeleiras e acessórios dos anos 70 e 80."
Na Agenda no fim do Loucos.
Posts sobre o Disco Fever 06

sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Luzes de Natal e Maior Árvore da Europa são ligadas no dia 25 de Novembro


Números:
2,5 milhões de lâmpadas
45 ruas, praças e avenidas
Árvore com 75 metros de altura
885 quilowatts por hora
Das 17H às 24H

São Martinho no Chapitô, Lisboa

O Chapitô situa-se na encosta sul do Castelo de S. Jorge, inserindo-se num bairro popular de Lisboa, onde predominam entidades ligadas a actividades sócio culturais, que compõem a rede Castelo – Colina Cultural. O Chapitô ocupa um espaço mítico da cidade, zona onde outrora se situava a célebre Torre da Alfofa, entrada popular e consequentemente circense da cidadela medieval. Muito próximo: o Teatro Romano, o Castelo, a Sé e os restos da Mesquita e de outros longínquos templos. Toda uma variedade de arquitecturas, fontes, materiais e estilos. A morada do Fado e o rio na sua mais íntima aproximação à cidade. Uma cidadela reservada e muito vivida, no umbigo da urbe.

Costa do Castelo, nº 1 / 7, 1149-079 Lisboa - Portugal

COMO CHEGAR:
Autocarro 37 --- Praça da Figueira -> Castelo de S. Jorge
Eléctrico 28 --- Rua do Conceição -> Miradouro de Stª Luzia

Odete 17,95€ e Alice 29,95€ disponíveis em DVD

http://photos1.blogger.com/blogger2/3218/910/1600/aliceeodete.jpg

Alice e Odete disponíveis na FNAC aqui e aqui.

segunda-feira, 6 de novembro de 2006

Chove um pouco e Portugal fica sem comboios

Linha do Norte:
- Interrupção de uma das vias entre Caxarias e Fátima, com consequentes atrasos nos Serviços Regionais e de Longo Curso (Alfa Pendular, Intercidades e Internacional), na ordem dos 10 minutos;

Linha do Sul:
- O percurso Amoreiras/Tunes está sem circulação de comboios;
- O Serviço Alfa Pendular é efectuado por serviço rodoviário de substituição em todo o percurso (Oriente/Faro/Oriente);
- O Serviço Intercidades, comboios nº 672/3 (13h55m) e 574/5 (19h21m) é efectuado por serviço rodoviário de substituição em todo o percurso (Oriente/Faro/Oriente);
- O restante Serviço Intercidades – é efectuado por serviço rodoviário de substituição no percurso (Funcheira/Faro/Funcheira).
Comunicado da CP

"Três carruagens do comboio "Lusitania", que fazia o percurso Madrid-Lisboa, descarrilaram na manhã de hoje em San Vicente de Alcantara, na província de Badajoz, perto da fronteira com Portugal. O acidente deveu-se aos danos provocados pelas fortes chuvas dos últimos dias, mas só registou um ferido ligeiro." Foto@EPA/Flores

Ainda sobre as alterações climáticas, a ler no DN
"Não estivemos longe de um apagão europeu"

"Os problemas ocorridos em duas linhas de muito alta tensão na Alemanha (400 mil volts) estiveram assim na origem do corte de fornecimento de energia em Portugal, que nada teve a ver com a situação de mau tempo que se viveu no país, explicou à Lusa fonte da Rede Eléctrica Nacional (REN)."

Dans Paris


Dans Paris estreou esta semana no King. O filme é sobre uma família constituída por dois filhos de sexo masculino e um pai. A mãe divorciou-se do pai, e uma terceira irmã morreu.

O filho mais velho decide sair da protecção do pai para viver com uma mulher. Já na nova casa, no campo, vê que o amor acabou, ou que nada era tão bonito quanto ele imaginara. A sua companheira acaba tudo. Perdido, o filho mais velho volta de novo para casa do pai. Deprimido.

A história decorre sobre um filho com uma depressão amorosa, outro sem qualquer responsabilidade e um pai que não pára de tentar cuidar dos seus filhos.

Está esplêndida a conversação que se faz durante o filme através dos telefones. O espectador envolve-se na conversa que o filho mais velho tem com a sua companheira onde cantam, onde lêem, onde representam tudo o que sentem através de um poema dito pelo telefone.

quarta-feira, 1 de novembro de 2006

LISBOA: Fotos em Novembro